ACICB - ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E EMPRESARIAL DA BEIRA BAIXA
// Newsletter
   
Boletim
 
Boletim Informativo
Nº 130 | Ano 21
 
// Notícias

ETEPA entrega diplomas

 

A Escola Tecnológica e Profissional Albicastrense – ETEPA procedeu à entrega de diplomas aos alunos finalistas que terminaram a sua formação no ano letivo 2017/2018.
A cerimónia teve lugar no passado dia 16, na Fábrica da Criatividade em Castelo Branco. Receberam os diplomas, aproximadamente, 3 dezenas de alunos dos Cursos Profissionais e dos Cursos de Educação e Formação ministrados naquela instituição de Ensino.
 

A cerimónia de abertura contou com a presença de Sérgio Bento, Presidente da Direção da ACICB – Associação Comercial e Empresarial da Beira Baixa. Para o dirigente, “o ensino profissional é um tipo de ensino que apresenta uma grande relevância nos planos curriculares, sendo uma verdadeira, real e eficaz alternativa aos planos curriculares mais comuns”. É por este motivo que, referiu o dirigente, “temos que adaptar os nossos cursos às novas realidades, temos que reinventar e temos que dar a possibilidade aos nossos alunos de continuarem a sua formação no ensino superior e para isso contamos, naturalmente, com o IPCB”. Na sua intervenção, Sérgio Bento reforçou ainda o “total apoio da ACICB ao trabalho desenvolvido pela ETEPA e pelo IPCB na procura de convergências que têm que ser necessariamente encontradas em prol do ensino profissional e do ensino superior”.

Por parte da ETEPA, o Diretor Pedagógico, João Ruivo, salientou o papel que esta instituição tem tido nos seus 27 anos de existência. “A ETEPA formou mais de 800 técnicos que enriqueceram o nosso tecido empresarial, 800 técnicos que continuaram a sua formação em instituições de ensino superior. Alguns deles que ocupam cargos de referência quer em empresas, quer em escolas”, indicou. Para o Diretor, “o ensino profissional já não é visto como um ensino de segunda. É entendido como uma verdadeira alternativa a aprendizagens mais teóricas e académicas. É um ensino que promove o sucesso dos alunos que têm competências mais operacionais e é um ensino que tem participado de forma muito ativa na qualificação dos técnicos das nossas empresas promovendo o desenvolvimento das economias locais”.

Também presente na cerimónia, Luís Correia, Presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco, lembrou a criação da ETEPA “em 1992 em que havia falta de profissionais com competências adequadas áquilo que eram as necessidades do meio empresarial. Hoje, felizmente, aquilo que nós observamos é que todas as escolas querem ter ensino profissional. Isso demonstra o sucesso das escolas profissionais, demonstra que há 30 anos estas escolas supriram algumas necessidades de técnicos qualificados mas que, na verdade, este é o caminho para fornecer recursos qualificados ao nosso mercado de trabalho. E esta é também a demonstração de que as escolas profissionais têm o seu espaço”.
António Fernandes, Presidente do Instituto Politécnico de Castelo Branco completou o painel de intervenientes na sessão de abertura. O dirigente referiu que “foram aqui lançados alguns desafios. Vemo-los como importantes para a nossa Instituição. Naturalmente que queremos continuar a colaborar com a ACICB e com a ETEPA no sentido de caminharmos juntos na qualificação dos portugueses e, em particular, na qualificação dos albicastrenses e, portanto, contem connosco para esse caminho”.
Recorde-se que a ETEPA é uma escola profissional com 27 anos de atividade que é tutelada pela ACICB – Associação Comercial e Empresarial da Beira Baixa.